domingo, 5 de dezembro de 2010

Banzo


Não existe:                                                                         (rimas mistas)

Um lugar onde eu queira estar,
Ninguém que eu queira ver,
Sons que eu queira escutar,
Lembranças que eu queira viver.

Quero apenas resvalar nessas águas turvas,
Onde o leito estreitou os caminhos,
Que de pedras retorcidas e agudas ,
Rasgam meus sonhos, me assolam de espinhos.

 
Sigo um caminho sem retorno,
Nunca terei um dono,
Qual cisne negro eu levo comigo,
A sentença de viver sozinho.

Minha cor é o que sou,
Minha dor é o que sobrou,
Não busco altruísmo,
Tão pouco o paraíso.

Quero deslizar pela areia,
Dizer adeus pra lua cheia,
Quem sabe pra onde vou...
Reencontre o meu amor.


6 comentários:

  1. Uiaa não tinha visto ainda esse outro lado seu da poesia... adorei esse do cisne! Fiquei aqui com ele fazendo companhia...ele sente saudade... acho cisnes tão solitários... perdidos em seu mundo que ninguém sabe se é triste ou alegre por dentro só o que ele deixa transparecer... acho que sou um cisne....

    ResponderExcluir
  2. oi JUJU....não gosto muito de rimas,mas quando sinto elas fortes acabo escrevendo só para ler em forma de canto........

    eles são monogâmicos,quando perdem a outra metade,ficam solitários...essa é a parte triste de se ser um cisne.....que fidelidade linda ne Ju...amo isso neles...amor eterno....obrigada pela participação.boa noite JU

    ResponderExcluir
  3. Oi Eva, vim aqui pela indicação de minha (nossa) querida amiga Ju Ramalho, ela disse, tem uma amiga que quero que conheças, e eu vim correndo. Tava até meio sem tempo, mas esqueci esse detalhe depois que cheguei aqui. Me apaixonei, li vários posts e fiquei encantada, adorei o que escreves, teu jeito de escrever, adorei tudo. Garota, voltarei aqui vezes sem conta, com tempo, sem ele, ou com só um pouquinho dele, porque o que escreves alivia a alma e isso é muito bom.
    Meus parabéns.
    Tua admiradora.
    Iara Gonçalves

    ResponderExcluir
  4. Iara...bem-vinda a minha página,me dará muita alegria acredite...A JU é uma pessoa muito querida da minha família e ela sempre falará bem de mim rsrsrsrsr..obrigada pelas palavras tão edificantes...um abração

    ResponderExcluir
  5. Pietra Luna,obrigada pelo comentário,fico feliz.Um abraço e até.

    ResponderExcluir