domingo, 5 de julho de 2020

Vai um café ai?






Uma xícara de café reúne toda minha ancestralidade...Ainda adoçando,girando,sinto cada rosto me olhando, esperando para entrar em cena.

O degustar, é muito mais do que um simples paladar satisfeito, desejo ou vontade.
É a porta por onde os deixo entrar e participar do andamento nostálgico, aquele que me tira da situação do momento e me eleva até eles.
Nos encontramos numa zona entre o céu e a terra, onde só os pensamentos conseguem ser compartilhados...Matamos a saudade!
Com as mãos ainda aquecida, olho para a cafeteira e sinto uma familiaridade confortante. Logo mais nos encontraremos para mais uma xícara de lembrança.

 

sábado, 9 de maio de 2020

Cachoeiras..........










 A força das águas que caem das grandes alturas,esvaecem pelo caminho, nublam a paisagem,emudecem os gritos de perplexidade.Com um movimento que relaxa,alimenta a paz que temos dentro de nós...nos mostra a força da natureza e a lembrança que Deus pode até mesmo existir...

sábado, 4 de abril de 2020

desabafo




 Penso:

que todos nós temos muito de "DITADOR"...se ganhássemos poder hoje...ditaríamos regras e puniríamos os que não as cumprissem
Observo pseudos doutores em leis e estratégias,advogados do diabo...traidores, ( aqueles que se seguram do braço do vencedor para chegar ao pódio e assim que conquista o lugar pelo esforço e mérito de outro, com seu ferrão venenoso o fere, para assegurar seu brilho sem ofuscação..... "DESPREZÍVEL"......
Nos tornamos hábeis em perseguição e acusações,duros em perdoar.
Confiantes que nossa visão e escolha são as melhores para o mundo,agredimos qualquer pessoa que pense diferente, com palavras que diminuem seus valores com a finalidade de humilhar e desacredita-los....Nos tornamos um povo inimigo,porque atacamos tudo e a todos o tempo todo...O mundo acabando e os humanos, pensando em poder.....pra que? O que pensam que irão governar em pouco tempo? O Caos?quem será enterrado no barro ou no cimento?quem terá pão e quem passará fome?Medíocres, é o que nos tornamos como seres viventes...juntos somos poder e força...separados somos galhos secos que com uma centelha queimamos até sumir.




(sobre a situação do Brasil no tempo de quarentena covid19)

terça-feira, 31 de março de 2020

virus do avesso








Parece que tudo está descontrolado, jogado num emaranhado de tormentos,discussões,brigas,desafetos...Que fomos abandonados a nossa própria escolha,a tudo o que criamos que fizemos acontecer....daí quando olho para o céu e vejo essa organização latente,essa harmonia essa paz, entendo que tudo tem um propósito...o maestro está preparando uma nova melodia, afinando os instrumentos, organizando os músicos e logo a orquestra começara a entoar a música pela qual estamos aqui para ouvir.....aguardem...começará em breve...deleitem-se.











quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

toda mulher precisa











Toda mulher precisa de uma amiga que a faça tirar os sapatos num aguaceiro de rua....comer um pacote de bolacha numa dieta sem fim.....que ao vestir algo puído a faça sentir-se bela.....que a leve de madrugada para ver luzes de natal numa estrada deserta....que tope um sorvete numa noite gelada....que a chame de louca mas não sai do seu lado....que a faça sentir-se abraçada em dias terríveis....que a faça ser ouvida nos seus mais bobos momentos....que a faça rir da sua meia furada, do cabelo espetado, boca borrada, do encontro que não foi, do fora que levou....
Que a faça dançar como apaixonada.... Se não tiver alguém assim,....sua grande amiga ainda não apareceu...












>

terça-feira, 21 de janeiro de 2020

Partida


 
É um tipo de música adocicada, melódica mas que anuncia um sentimento de incerteza obscura.
Não são lembranças do passado nem do presente que ela aduz.
Procuro uma zona para pousar esses cismáticos pensamentos...
Giram,giram e não encontram um lugar para se escorar...Então a vontade de gritar vem para libertar esse desassossego ...
É um sentimento de perda,de despedida, de adeus de partida...
Um fluxo de passagem eterna, incontido,sem permissão sem consolo.
É jogado,arremessado,certeiro...
Eu me isolo, me calo e choro.