quinta-feira, 7 de outubro de 2021

Regressão






 

Hoje fiz minha regressão de vidas passadas!

Na primeira, com 3 anos, cutuquei um vidro de pílulas para baixar a pressão, que estava escondido em cima de um armário alto....as minhas ultimas lembranças foram eu dividindo amigavelmente o frasco com meu irmão, que sábio guardou para se deliciar mais tarde e eu gulosa ,coloquei tudo na boca...As imagens se turvam, minha visão apagou...........

Numa outra vida, também criança, sentada no sofá da sala , cheia de fósforos de cor no colo, desobedecendo a ordem da minha mãe de não acender nenhum até o papai chegar,  quis experimentar....Unzinho só!....Nessa vida, minha lembrança termina quando uma fagulha da estrelinha pingou nas caixas no meu colo. Que fogaréu!

Na próxima, adorava subir na figueira e me esconder atrás de uma caixa sobre o telhado...De cima, observava com ansiedade e alegria, o desespero da minha mãe andando pelo quintal e casa, procurando por mim...Descer e fazer a surpresa era a minha ideia. Não contava que meus pezinhos de 4 anos, fossem pequenos de mais para me segurar e despenquei de costas no chão .As ultimas coisas que lembro foi os gritos do meu irmão chamando por minha mãe e eu não conseguindo respirar... As imagens foram sumindo.

Nesta outra, minha vida foi mais longa, lembrei que tinha filhos e estava na praia. O mar perigoso , mas tinha um bolsão que me permitia ir até o fundo e ao tocá-lo a areia tornaria o solo raso . Fácil! No caminho, que foi muito mais longo do que imaginei, as ondas arrebentaram em grande quantidade no meu rosto, não me permitindo respirar. Faltava várias braçadas para alcançar a areia no fundo e muito mais para voltar a praia .Não dava mais pé e o cansaço e pânico me dominaram...Minha ultima lembrança, foi a imagem dos meus filhos  de longe me olhando angustiados.

Nesta regressão, me encontrava num carro e de repente um outro se aproximou numa velocidade e acertou em cheio. Lembro dos estilhaços de vidro  e uma luz muito forte no rosto. Tive tempo de  achar  que era a luz do famoso túnel que todos falam.

Incrível como as coisas acontecem..

.Ainda insisti para ver mais uma vida passada.

Nessa , eu estava a quase 5 metros de altura , pintando o teto de uma loja quando a escada virou e me jogou sobre as prateleiras de vidro. Além do barulho e sangue não vi mais nada .

Quero saber mais!!!!

Esta bem!

Fecha os olhos!

Uau!!!! andava por uma rua cercada de mato pelos lados...Usava pulseiras de prata brilhante e Três moços altos me cercaram e anunciaram o assalto . Não levei a serio, empurrei o mais próximo e tive a audácia de gritar: Vá procurar sua turma...Loucas e ultimas  palavras!....

Quantas vidas eu tive!

Calma, lembrei de uma outra.

Dirigia uma Kombi pela linha vermelha no Rio de janeiro com várias bagagens além de crianças. Era duas da manhã e eu estava completamente perdida .Foi quando decidi parar o carro no acostamento para perguntar a um grupo de moços que bebiam ali,  como seguir para Jacarepaguá. Tolinha!

Essa regressão é fantástica.

Por último. Dirigia o carro pela estrada....Mas essa já foi.... Ah não, é outra parecida. Fecha os olhos novamente.

Dirigia o carro  com meu pai  moribundo ao lado. Era madrugada e eu não dormia bem por dias seguidos. Não conseguia manter os olhos abertos, mesmo molhando eles  e deixando o vento gelado da madrugada bater no meu rosto .Dormi...

E assim foi minha regressão.

Conclusão?

A vida é efêmera...não fosse algum outro propósito designado.


 evamooer

terça-feira, 22 de junho de 2021

Saudade dos meus mortos!







Saudade dos meus mortos!..... 
Sim, de pessoas queridas que não estão mais presentes aqui na terra em forma física.....Me pego pensando neles durante afazeres comuns do meu dia, como um café que está sendo coado, um almoço que está sendo posto na mesa, um passeio ao ar livre,uma comemoração, um problema insolúvel, um colo vazio ...Algumas vezes vem em forma de alegria e do nada começo a rir até gargalhar das lembranças que brotam na minha mente.....Outras fico pensativa em como poderia ter sido diferente.....ainda tem as que me fazem prantear e soluçar....Somos valentes, porque aceitamos todas essas perdas sem perder o fio de vida que nos resta.Trabalhamos, estudamos, progredimos, lutamos,como se não tivéssemos um final...E ainda comemoramos cada ano que passa com festas e muitas alegrias...Nós, humanos com tantas imperfeições, inacreditavelmente, somos a grande obra de um Deus que depositou toda confiança na sua criação, na sua perseveração,na sua fé,compaixão,amor.Por tudo isso que ele criou, sou grata...por cada momento vivido, sou grata....por cada dor e vitória ,sou grata.E para meus queridos saudosos,a certeza de que nos encontraremos um dia...



E memória do meu filho Ricardo Giusti Rozante,meu pai Sylvio Giusti,minha querida e eterna Dona Iva Perine Perovani, minha amiga querida Luisa Maria Russo...........

quinta-feira, 3 de junho de 2021

Carolina









Carolina dobrou suas roupas, colocou-as na mala de viagem e não olhou para trás...Sabia que sua vida estava apenas começando....E com essa energia e alegria, tomou aquele trem que a levou para uma nova história...Boa viagem minha querida...

 

quarta-feira, 5 de maio de 2021

Rosa

 



Preciso da suavidade da rosa para me acalmar,do seu perfume para me embriagar e dos seus espinhos para me libertar,.....



domingo, 1 de novembro de 2020

saudade do meu pai







Ao mudar da primeira casa que construiu, meu pai chorou.
Na segunda mudança, sentou na sua cama e chorou.
Na terceira mudança, ficou na sala a olhar para as paredes e chorou.
Na quarta e última mudança, com tantos bens acumulados em ferramentas(seu grande amor), ao sairmos da casa, parou e  entrou novamente. Em pouco minutos, com seu cãozinho de pelúcia nos braços, fechou a porta e nunca mais voltou...Nunca esquecerei essa cena...

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Como uma vela






 Sou uma vela de aniversário que engana a todos...Quando apago, fico segundos esfumaçada,   para logo depois voltar a reluzir.

De volta ao trabalho! Que delicia acordar, deixar meu amigo querido (pijama) sobre a cama, me vestir para sair, esborrifar um perfume e sentir a emoção de um dia cheio de novidades. Sou eu voltando a ativa. Felicidade!!!!