quarta-feira, 27 de março de 2013

Esse estranho canto...



Para onde te levam essas vozes?
Para uma infância esquecida, um abrigo materno,
Um sonho perdido ou um amor circunscrito?
Será um regaço no aprisco que te faz ressuscitar?

Essa música antiga, cheia de histórias de vida,
Que parece um suplício de algo existido
Arrancam de mim sentimentos ambíguos
Saudade, angústia, anseio e dor.

A saudade que certamente me arrastará
Para uma angustia que sua ausência deixará.
Um anseio louco de já superar
Uma dor que sei que nunca vai me deixar.




Um comentário:

  1. é isso. é isso aí que sinto qd ouco certas cancoes :-(

    ResponderExcluir