domingo, 9 de janeiro de 2011

Meus pais e Eu




Quando estou na casa dos meus pais, me sinto uma senhorita outra vez.
O beijo de boa noite, o roupão amarrado e quentinho, o lençol alvejado. Meus pais e eu... Eu e meus pais. Ninguém mais na casa.
O som da noite invade meu quarto com músicas do passado que perpetuam no presente e certamente avançarão para o futuro. Os chinelos arrastados pela casa,o chá de ervas antes do adormecer,as luzes sendo apagadas e o barulho da cama sendo arrumada.
Todos dormem. Não consigo. Muitas coisas para lembrar, pensar e sentir antes que a noite apague tudo.
Ao amanhecer, acordo com o cheiro do café já pronto e escuto papai descendo devagarzinho porque não é mais um menino. Juntos passamos parte da manhã lembrando tantas fases da vida, de coisas e pessoas queridas.
Vou às compras sentada no banco de trás,como antigamente.Me pego olhando para coisas infantis,como se minha mente tivesse retrocedido a época e me percebo sentindo como uma menina outra vez.
Que milagre maravilhoso é esse que sinto. Que arrebatador, prodigioso e encantador.Meus pais e eu...Eu e meus pais.

6 comentários:

  1. Eva querida, obrigada pela delicadeza de comentário lá no blog, obrigada!

    Este post, puxa, nao preciso dizer o quanto amei, né? Hmm, sim preciso, amei mesmo. Emocionante. Queria poder ser vc no banco de trás como antigamente... que saudade de um tempo, que nao vivi. Meus pais eram separados desde sempre, entao, uma belo dia, minha mae arrumou um marido novo, que, nos sustentou qd mamae tanto precisou, mas que tbm trouxe tanta coisa ruim junto, mas td bem, td bem...

    teus pai e vc, puxa, como é bonito imaginar.
    Parabéns Eva, pela ligacao tao bonita.

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Nina.......são preciosos para mim.Estiveram e estão presentes em cada momento importante para mim,são a base da minha construção.Assim como vc é para seus filhos.Nada como a família...Fiquei feliz que entrou no meu boteco.Sempre bem-vinda.Abraços

    ResponderExcluir
  3. LLacerda.....agradeço a visita e o comentário.......seja bem-vinda.Um abraço

    ResponderExcluir
  4. Oie Evinha! Viajei nas suas memórias...seus pais são especiais....por isso vc é especial e isso se perpetuará pelos seus filhos e netos...

    ResponderExcluir
  5. Sueli Vaz calvet de magalhães18 de março de 2012 13:38

    *Evinha... muita saudades... você, seus e eu... que saudades, muita... muitas lindas lembranças. Sua casa, a sala com os abajuors, os sofás gostosos, a pipoca quentinha, a turminha de meninas em plena juventude, cheias de vida, planos,as conversas, as roupas, os cabelos, as dificuldades...

    ResponderExcluir